Connect with us

Meios de Pagamento

Chineses da TAP reduzem participação no Deutsche Bank

Published

on

Grupo HNA reduziu a sua participação de 8,8% para 7,9%, mas continua a ser o maior acionista do banco alemão.

O grupo chinês HNA, acionista da TAP, que tem vindo a vender ações e propriedade como parte de uma reestruturação do grupo, reduziu a sua participação no Deutsche Bank de 8,8% para 7,9%, segundo um comunicado enviado ao regulador de mercado dos EUA (SEC), na passada sexta-feira.

Em declarações à agência Reuters, o acionista chinês da TAP afirmou que a venda das ações teve em conta o “ambiente de mercado atual”, que levou à decisão de “não renovar parte da estrutura de financiamento da nossa participação. Ainda assim, afirma a HNA, “o nosso compromisso de ser o principal investidor do Deutsche Bank permanece inalterado”, disse em comunicado.

O grupo tem vendido ativos próprios e das suas subsidiárias para fazer face a problemas de liquidez, depois de as autoridades chinesas terem decretado regras mais restritivas no financiamento das empresas. Na semana passada, por exemplo, HNA vendeu a participação de 3,1% num banco comercial chinês, o Banco Rural Comercial de Cantão, por 1.500 dólares de Hong Kong (154 milhões de euros).

Em fevereiro, o grupo já tinha reduzido a sua participação no banco alemão de 10% para 8,8%. Em Portugal, tem uma participação na Atlantic Gateaway, consórcio privado que detém 45% da TAP Air Portugal. Através da Hainan Airlines, é dono de 11,5% da Atlantic Gateway, o que lhe dá uma posição indireta de 5,2% da TAP.

Product Manager da Serasa Experian. Sou designer apaixonado por marketing, mordido pela publicidade e produtos digitais, metódico, realista, dedicado e pra sempre aprendiz.