Connect with us
trigg vendida trigg vendida

Bancos Digitais

Trigg é adquirida por braço da financeira Omni!

Published

on

A Trigg, fintech de cartões de crédito que ficou muito conhecida no público jovem, foi adquirida.

A aquisição dos 30% restantes da ações, onde a Omni já detinha 70%, foram consolidadas agora. Depois de um roadshow no mercado para se aproximar de investidores estratégicos, a Trigg foi avaliada em R$250 milhões e à partir de agora, a empresa será 100% Vector, o fundo da financeira Omni.

A notícia foi dada numa nota no Valor, conforme descrevemos abaixo:

“O Vector, fundo de investimento do Omni Banco & Financeira , comprou a totalidade da fintech Trigg Brasil. O fundo já detinha 70% e adquiriu o restante dos fundadores Marcela Miranda e Guilherme Müller. Segundo o Valor apurou, a fintech teve conversas com G5 Partners, Riverwood Capital, General Atlantic e XP Investimentos. De acordo com algumas fontes, a fintech foi avaliada em R$ 250 milhões. Lançada em 2017, a Trigg oferece serviços de crédito on-line, incluindo um cartão de crédito com anuidade de R$ 9,90 e serviço de cashback de até 1,3% da fatura.” Flávia Furlan, para o Valor.

A Trigg nasceu em 2015 como uma solução focada em público jovem (pessoas entrando mercado financeiro). Era um grande case de cashback também. Investiu bastante em eventos como a CCXP, com grande força de audiência dos millennials e fez parcerias importantes para emitir cartões com personagens de filmes e quadrinhos. Na jornada inicial até agora, a empresa recebeu mais de 2,5 milhões de pedidos de cartões.

Investidores do mercado viram no roadshow, uma empresa com ótimo crescimento e com números mais sólidos que o mercado de fintech costuma apresentar, pelo menos, nesse estágio de crescimento agressivo.

O ponto de encontro das fintechs e revolução financeira no país.