Connect with us
conta simples conta simples

Bancos Digitais

No Conta Simples, o pejotinha e startups têm um caminho livre.

Published

on

O lançamento silencioso do Conta Simples, conta digital para startups e pequenos empreendedores, impactou mais de 6 mil CNPJs, que já estão na espera do cartão que vem com uma conta digital PJ, pronta para atender um tipo de empresário com necessidades específicas.

Abrir um CNPJ no país é “um parto”, mesmo com a MP da liberdade econômica em pauta. Novos empresários sofrem ao começarem um negócio. Quando conseguem vencer essa barreira de registro e abertura de empresa, ainda encontram pela frente, a dolorosa experiência de ter que abrir uma conta em banco. Por mais que seja possível, na maioria dos bancos tradicionais, abrir uma conta PJ é um exercício de grande paciência para pequenos empreendedores. Essa é exatamente a dor que o “Simples” quer resolver: desburocratizar a abertura e uso das conta corrente para pequena empresas.

conta simples

O mercado pelo menos, é grande: só o ambiente de profissionais digitais movimenta R$15 bilhões por ano. Se contar o mercado de MEIs (micro empreendedores individuais), o negócio aumenta consideravelmente, para centenas de bilhões. Fonte: Sebrae.

Mas a fintech ainda quer validar o perfil de usuário ideal, por isso está liberando as contas (que já chegam a centenas) para um grupo controlado de perfis: startups, engenheiros de software, freelancers, designers e consultores. “O controle é para validar o uso desse produto que foi lançado há 20 dias”, afirma Rodrigo Tognini, cofundandor da fintech.

Conta Simples, aberta em poucos minutos.

Um dos principais pontos do Conta Simples é facilitar a abertura de conta digitalmente. Em poucos minutos, a conta é aberta e melhor: tudo digital.

Fundada por engenheiros que construíram estruturas digitais de TransferWise, Cielo e Stone, o Conta Simples está começando a chamar a atenção do seu público alvo: empreendedores digitais, autônomos, startups e profissionais liberais – que já começaram a receber o cartão e a conta digital pronta para receber boletos, enviar faturas e pagar contas.

 

Num mercado tão acirrado (e desejado), o Conta Simples (contasimples.com) foca em atender somente empresas pequenas e os sócios delas.  Essa estratégia, pode ser um caminho viável para crescerem:

“Nosso foco é no PJ (especialmente o pejotinha) e no sócio, que precisa unificar relacionamento e uso do dinheiro de forma simples. Na maioria dos casos, nossos clientes querem receber, usar o cartão e pagar as contas de forma prática. Por isso que criamos e nomeamos a conta de “Simples”. Afirma Rodrigo Tognini, co-fundador da empresa.

O processo de abertura, automatizado e usando tecnologia num nível de classe mundial, tira um atrito grande que é ter uma conta corrente PJ disponível para vender, pagar boletos, transferir dinheiro e fazer a gestão da conta corrente, tudo dentro de um app muito funcional.

O Simples, primeira conta digital com foco exclusivo no PJ, ainda vem com remuneração de 100% do CDI do saldo em conta e é uma boa surpresa para empresários da nova economia. Conheça o “Simples” no www.contasimples.com.

O ponto de encontro das fintechs e revolução financeira no país.